Mês: abril 2018

Jornal Rotula Juízes de Conservadores e Progressistas

A esquerda rotula-se de “progressista” para ser identificada com o bom e desejável, ao mesmo tempo em que associa o conservadorismo a ideias retrógradas e ditatoriais. Conservador, entretanto, diz respeito às pessoas que conservam os valores morais que vêm trazendo a civilização ocidental há 2 mil anos. O Antagonista destaca editoria do jornal O Globo, e conclui: O Globo diz que o STF está dividido entre progressistas – “que desejam combater a corrupção” – e conservadores – “cultores da velha ordem de que a lei não é igual para todos”. O Antagonista prefere dizer que o STF está dividido entre juízes de verdade e...

Read More

Jornalistas Sequestrados e Assassinados

14/04/2018 O presidente do Equador, Lenín Moreno, confirmou nesta sexta-feira (13) o assassinato em cativeiro do jornalista Javier Ortega (36 anos), do fotógrafo Paul Rivas (45 anos) e do motorista Efraim Segarra (60 anos), do jornal El Comercio e anunciou ações militares na fronteira com a Colômbia, onde foram sequestrados em 26 de março por guerrilheiros dissidentes das Farc. A equipe reunia informações sobre ataques quando foi sequestrada.   Fonte: www.afp.com/pt/noticia/25/equador-confirma-assassinato-de-jornalistas-sequestrados-doc-1403182...

Read More

Posição da Frente Brasil Popular quanto à Agressão a Jornalistas.

15/04/2018 A Frente Brasil Popular, que congrega mais de 60 entidades do movimento social e sindical, fez uma nota para a sua militância sobre a importância de se evitar qualquer agressão a profissionais da imprensa. A Frente Povo Sem Medo também assina a nota. A iniciativa é consequência de episódios em que repórteres foram xingados, empurrados e até receberam ovos quando faziam a cobertura da prisão de Lula no Sindicato dos Metalúrgicos. Diz a nota: “A nossa preocupação é fazer esse debate fluir e a nossa turma diferenciar o trabalhador da empresa em que ele está empregado.” O Antagonista pergunta: Violência contra a empresa está liberada?...

Read More

Viés. Depoimento de Mark Zuckerberg. Parte 1

  11/04/2018 Um dos homens mais ricos do mundo fica inseguro ao responder a perguntas básicas. Mark Zuckenberg, dono do Facebook, prestou depoimento à comissão do Senado Norte-Americano, nesta terça-feira. No vídeo você pode ver a sua insegurança e, no artigo, acompanhar melhor a sua hesitação. http://www.clubedeimprensa.com/wp-content/uploads/2018/04/30394025_192233254730607_5963245040305176576_n.mp4 ​Sen. Cruz: “Sr. Zuckerbe​rg, ​direi que há muitos americanos que penso que estão muito preocupados que o Facebook e outras companias estejam empenhadas em um padrão dominante de parcialidade e censura política. Têm havido numerosas instâncias com o Facebook. Em maio de 2016, Gizmodo relatou que o Facebook tinha, intencional e rotineiralmente, suprimido​ artigos conservadores das trending news, incluindo artigos sobre CPAC, incluindo artigos sobre Mitt Romney, incluindo artigos sobre o escândalo do IRS de Lois Lerner, incluindo artigos sobre Glenn Beck. Além disso, o Facebook, inicialmente, bloqueara a página do Dia da Apreciação do Chick-Fil-A, bloqueara um post de um jornalista da Fox News, bloqueara mais de duas dúzias de páginas católicas e, mais recentemente, bloqueara a página das apoiadoras de Trump, Diamond e Silk, com 1,2 milhões de seguidores no Facebook, depois de determinar que seu conteúdo e marca não eram “seguros para a comunidade”. Para muitos americanos, isso parece ser um padrão difundido de preconceito político. Você concorda com essa avaliação? ” Sr. Zuckerberg: “Senador, deixe-me dizer algumas coisas sobre isso. Primeiro, eu entendo de onde vem essa preocupação​,​...

Read More

Recusa em Colaborar com a Justiça. Depoimento de Mark Zuckerberg. Parte 5

  Leia o artigo completo de John Binder no Breitbart.   Durante o interrogatório da senadoar Hirono (D-HI), Zuckerberg – defensor ferrenho da imigração em massa e de fronteiras abertas – disse que, essencialmente, o Facebook funciona como uma cidade online de imigrantes ilegais, protegendo-os da deportação pela imigração. e agência de fiscalização aduaneira (ICE). Hirono : O Facebook planeja cooperar com essa iniciativa de v etar em extremo e ajudar o governo Trump a direcionar as pessoas para a deportação ou outra aplicação do ICE? ZUCKERBERG : Senadora, não sei se tivemos conversas específicas sobre isso. Em geral… HIRONO : Bem, se você fosse convidado a fornecer ou cooperar com o ICE para que eles pudessem determinar se alguém iria cometer um crime, por exemplo, ou se tornariam membros frutíferos da nossa sociedade. Você cooperaria com eles? ZUCKERBERG : Nós não faríamos proativamente isso . Eu coopero com o cumprimento da lei em dois casos. Uma é se tomarmos consciência de uma ameaça iminente de dano, então, de forma proativa, atendemos a aplicação da lei, como acreditamos ser nossa responsabilidade fazer. A outra é quando a aplicação da lei chega a nós com uma intimação legal válida ou um pedido de dados. Nesses casos, se a solicitação for excessivamente ampla ou acreditarmos que não é uma solicitação legal, então vamos recuar agressivamente. [Enfase acrescentada] Os conglomerados e elites de tecnologia do Vale do Silício se beneficiaram enormemente do atual sistema de imigração legal e...

Read More

Discurso de Ódio. Depoimento de Mark Zuckerberg. Parte 3

Mark Zuckerberg não explica qual é sua definição de “discurso de ódio”.   Leia o artigo completo de Lucas Nolan no Breitbart. Um senador questionou Mark Zuckerberg nesta terça (10) sobre a definição do discurso de ódio, enquanto o CEO do Facebook discutia os esforços da plataforma de mídia social para reprimir certos conteúdos em sua plataforma: Senador Ben Sasse: “Eu acho que a linha conceitual entre uma mera empresa de tecnologia e meras ferramentas e uma empresa de conteúdo, é realmente difícil, acho que vocês têm um desafio difícil, acho que regulamentações ao longo do tempo terão um desafio difícil e você é uma empresa privada, então você pode fazer políticas que podem ser menos do que o espírito pleno da primeira emenda, mas eu me preocupo com isso. Eu me preocupo com um mundo onde você vai de ‘grupos violentos’ a ‘discurso de ódio’ com pressa e uma de suas respostas a uma das questões iniciais, você pode decidir, ou o Facebook pode decidir, que precisa policiar um monte de discursos que acho que os EUA estariam melhor se não fossem policiados por uma empresa que tem uma plataforma muito grande e poderosa. Você pode definir o discurso do ódio?” Mark Zuckerberg: “Senador, acho que essa é uma pergunta muito difícil e acho que é uma das razões pelas quais temos dificuldade com isso. Existem certas definições que temos que...

Read More

Monopólio. Depoimento de Mark Zuckerberg. Parte 4

Zuckerberg é incapaz de citar concorrente. Leia o artigo completo de John Carney no Breitbart. Com pouco mais de uma hora de depoimento perante um comitê do Senado, o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, não teve resposta. A questão não era muito complexa. Não exigia muitos detalhes sobre o funcionamento interno da empresa. Na verdade, foi provavelmente uma das questões mais básicas do Facebook e de outros gigantes digitais.   Sen. Lindsey Graham: Quem é seu maior concorrente? Mark Zuckerberg: Uh, senadora, temos muitos concorrentes. LG: Quem é o seu maior? MZ: As categorias… você quer apenas um? Não tenho certeza se posso dar um, mas posso dar um monte? Existem três categorias nas quais eu me concentraria. Uma são as outras plataformas de tecnologia: Google, Apple, Amazon, Microsoft, nós nos sobrepomos a elas de maneiras diferentes. LG: Eles fornecem o mesmo serviço que você fornece? MZ: De maneiras diferentes. LG: Deixe-me colocar desta forma. Se eu comprar um Ford e ele não funcionar bem, e eu não gostar, posso comprar um Chevrolet. Se ficar aborrecida com o Facebook, qual é o produto equivalente parano qual posso me inscrever? MZ: Bom, a segunda categoria sobre a qual eu ia falar … LG: Eu não estou falando sobre categorias. Eu estou falando sobre a verdadeira competição que você enfrenta. Porque as empresas automobilísticas enfrentam muita concorrência. Eles fazem um carro defeituoso, […]...

Read More

Falência. Depoimento de Mark Zuckerberg. Parte 2

  “Somos Responsáveis pelo Conteúdo” diz o Facebook Leia o artigo original de Ben  Shapiro no Daily Wire. 11/04/2018     O ​ ​CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, testemunhando perante o​ senado ​norte-americano, reconheceu que a empresa poderia de fato ser vista como uma editora e não apenas como uma plataforma.​ Eis a parte chave do diálogo:     ​Senador John Cornyn: “Fomos informados de que plataformas como Facebook, Twitter, Instagram e similares são plataformas neutras, e as pessoas que as possuem e gerenciam com lucro… não têm responsabilidade pelo conteúdo. Você concorda que o Facebook e outras plataformas de mídia social não são plataformas neutras, mas têm alguma responsabilidade pelo conteúdo? ” Zuckerberg: “Concordo que somos responsáveis ​​pelo conteúdo”. Zuckerberg pode ter acabado de abrir ​a porta de sua empresa ​para um​a enxurrada de ​processos legais. Geralmente, as plataformas não são legalmente responsáveis ​​pelo conteúdo postado nessas plataformas – portanto, questões de responsabilidade​,​ que vão desde violação de direitos autorais até calúnias​,​ não são ​problema das plataformas. Você não pode processar a ​Tim ou a Vivo se alguém o difamar em uma ligação telefônica realizada por seus satélites. Mas esse não é o caso dos editores. Os editores são responsáveis ​​pelo conteúdo adicionado a suas plataformas. O​s jornais têm responsabilidade legal pelo conteúdo que aparece n​eles. Se o mesmo ​se aplicar ao Facebook, a empresa ficaria​,​ imediatamente ​,​sujeita a...

Read More