Por Vlady Oliver

SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO ENGANADO…
É impressionante como o jornalismo político é um cocô.
Eu estava esperando a notícia óbvia vinda das prévias eleitorais na Argentina para corroborar minhas desconfianças. É não é que a boli-venezuelana Smartmatic está metida no meio das eleições dos caras de lá? Toda a desconfiança que paira sobre essa vigarice travestida de empresa não é suficiente para a plebe rude entender que vamos nos ferrar de novo, enquanto o tofolinho sentar em cima dos resultados superfaturados das nossas urnas que não valem o que o gato enterra? Que tal exigirmos que o fundo eleitoral seja usado para implementar o voto impresso em todo o país? Já entenderam de onde virá o furo, meus caros? Eleições municipais são difíceis de fiscalizar. Cada petista eleito em 2020 é um dízimo novo irrigando a causa picareta. Precisa de um gráfico colorido? Talvez a massa ignara não tenha a exata noção do que isso significa. Mas o jornalismo deveria ter. Como posso ler o site das antas, por exemplo, se no editorialismo dos caras está respeitar o DataRolha, não comentar a agenda positiva do Governo, exceto se for para ironizar a bagaça e não se manifestar sobre as urnas mais invioláveis do planeta “só que não”? Isso é jornalismo? Eu aposto que o Claudio Dantas, que é bom nisso, com duas passagens de ônibus no bolso desvendaria facilmente a presepada que existe por trás das tais urnas infraudáveis. Que nem fralda, só tem merda dentro.