Gangue MS-13, que entra como imigrante ilegal nos EUA.

Por John Binder. Leia o artigo completo no Breitbart.

Executivos dos maiores e mais ricos conglomerados de tecnologia do país, o lobby dos grandes negócios e corporações multinacionais, juntaram-se para exigir que o Congresso aprove, o mais rapidamente, a anistia a milhões de estrangeiros ilegais.

A “Lei dos Sonhos e Proteção” concede anistia a quase três milhões de imigrantes ilegais, inscritos no programa de Ação de Deferimento para as Infâncias de Chegada (DACA) do ex-presidente Obama.

Além deles, a anistia seria estendida aos quase 500.000 estrangeiros que estão atualmente morando no país.

Ela ainda incluiria estrangeiros ilegais que já tenham sido deportados dos EUA, os quais poderão solicitar anistia e, por fim, se reinstalar permanentemente no país.

Os signatários da carta incluem:

  • CEO da IBM, Ginni Rometty
  • CEO do Facebook, Mark Zuckerberg
  • CEO da Apple, Tim Cook
  • CEO da Amazon, Jeff Bezos
  • CEO da Verizon, Hans Vestberg
  • CEO do Walmart, Doug McMillon
  • CEO da General Motors, Mary Barra
  • Presidente da Microsoft Corporation, Brad Smith
  • CEO da Câmara de Comércio dos EUA, Thomas Donohue
  • Martin Slark, da Koch Industries

Cada aumento de 1% na composição de imigrantes de ocupações de baixa qualificação nos EUA reduz os salários em cerca de 0,8%. Se 15% dos empregos de baixa qualificação forem ocupados por trabalhadores nascidos no exterior, isso reduziria os salários dos trabalhadores americanos nativos em talvez 12%.

Atualmente, a política de imigração legal em massa – onde cerca de 1,5 milhão de imigrantes ilegais não qualificados são admitidos nos EUA todos os anos – é um benefício para esses executivos de empresas, uma vez que a riqueza dos americanos de classe média é redistribuída  aos principais ganhadores do país por meio da estagnação salarial.

John Binder é um repórter da Breitbart News. Siga-o no Twitter em  @JxhnBinder .

Política de imigração Tech Amazon anistia para estrangeiros ilegais DACA Ação diferida para as crianças chegadas General Motors Ginni Rometty Google H-1B imigração ilegal IBM Jeff Bezos Mark Zuckerberg Mary Barra plutocrats de imigração em massa Temporary Protected Status