Por Brent Scher, no Washington Free Beacon. e Hank Berrien no Daily Wire.

Resultado de imagem para george soros new york times

New York Times Magazine publicou um perfil de George Soros, chamando-o de filantropo em tempo integral, ativista político e estadista freelancer”.O artigo celebra os objetivos virtuosos de seus gastos em política, a fim de humanizá-lo e tenta desacreditar os críticos de alguns de seus gestos controversos.

Nos US $ 1,5 bilhão que ele lucrou ao derrubar a libra esterlina, por exemplo, é “inquestionavelmente verdadeiro” que alguém teria feito a jogada se ele não fizesse, e o dinheiro provavelmente não teria ido a uma causa tão “nobre” se não fosse Soros, que usou sua riqueza para o objetivo “ambicioso” de promover “valores liberais e democracia”, de acordo com o Times .

Em nenhum lugar, no entanto, menciona-se que Soros, este ano, investiu US $ 3 milhões no New York Times.

Quando o Times fez o perfil de Carlos Slim, o homem ais rico do mundo, informou que suas vastas propriedades incluiam um grande número de ações no The New York Times, e que era, então “o maior acionista da empresa”. Slim, assim como Soros, possuia ações Classe A da empresa.

 

Resultado de imagem para george soros carlos slim

Carlos Slim e George Soros.

O perfil do Times oferece declarações de Soros em que ele se apresenta como um homem de retidão moral. Alguns exemplos:

“Estou defendendo princípios, quer ganhe ou perca”.

Soros: “Eu acho que devo estar fazendo algo certo, vendo quem são meus inimigos.”