Zoulika Aziri, mãe do terrorista

“Na casa de Merah, fomos criados​ para odiar​ os​ judeus, o​diar tudo que não ​fosse muçulmano”.

Estas foram as palavras arrepiantes de Abdelghani Merah no julgamento de seu irmão, Abdelkader Merah, que fo​ra acusado de conspirar com um terceiro irmão, Mohamed, para matar três soldados, três ​alunos judeus e ​o ​professor, ,​em Toulouse, França, em 2012.

Abdelghani revelou assim, na época, que “quando o ​legista trouxe o cadáver do irmão para casa, as pessoas vieram. Eles choraram lágrimas de alegria. Eles disseram que ele tinha​ ​​colocado a França de joelhos. Que ele ​se saira bem. Seu único arrependimento era que ele não havia matado mais ​crianças jud​ias​.”