Por Vlady Oliver

O HOSPEDEIRO
Acabo de ler em minha timeline um textão que afirma que o nosso jornalismo marreta é um produto direto da lavagem intestinal provocada nas universidades. Há controvérsias. Primeiro porque vários dos tais “jornalistas” que vomitam essa goma vermelha diária contra o atual governo já o eram muito antes do dilúvio. São velhos, velhacos e senis. Depois, porque estes cretinos foram alçados a cargos chaves nas redações do jornalismo rumbeiro, especialmente no editorialismo político. O Jornalismo de prestação de serviços vai muito bem, obrigado. Tem audiência, repercussão e simpatia do respeitável público. Eu diria que a massa nojenta de agentes do socialismo rampeiro não lotam um ônibus. O problema é que eles estão encastelados em lugares e repartições de onde é difícl tirá-los de lá sem a anuência dos donos do negócio. E porque os donos do negócio estão mancomunados com essa vigarice? Pela grana fácil. Pelo patrocínio. Eles sabem que jamais conseguirão manter seus negócios apenas com a grana da iniciativa privada. Sabem que o modelo está indo pra falência. Antes, no entanto, tentar desestabilizar o Governo, de forma a barganhar com a terra arrasada que sobrar. Esse gente é hospedeira mesmo. Aposto que a primeira redação que juntar seus descontentes e atirar pela janela um desses guerrilheiros do mouse e do teclado, todo o resto aprende pelo exemplo. Se você tem um porrete e cem petistas malditos tentam bater sua carteira, acerte com vontade apenas os três primeiros. Todos os outros entenderão o recado dolorido. Talquinho?