“Eu não dou a menor importância ao que os jornalistas dizem. Se eu desse importância ao que os jornalistas dizem, eu já teria me suicidado a uns 5 ou 6 anos.
Os jornalistas passaram anos dizendo que eu era gênio, e eu tive a genialidade de não levar isso a sério, não é agora que me chamam de idiota que eu vou cometer a idiotice de acreditar.
O jornalismo está 95% entregue ao PT.”
Esta declaração foi dada em 1993, portanto 7 anos antes da chegada do PT ao poder, bem antes do aparelhamento que promoveram em todas as esferas da República.” (Chico Anysio ao Roda Viva em 21/06/1993)

Se alguém duvida, peço apenas que leve em conta que quem está dando a declaração, é nada menos que Francisco Anysio de Oliveira de Paula Filho, conhecido artisticamente como Chico Anysio, nascido a 12 de abril de 1931 e falecido a 23/03/2012, e que portanto, em 1993 estava com 62 anos de idade e quem o conheceu, sabe que àquela época, ali estava um homem que gosava da plenitude de suas faculdades mentais; além do fato, de que, circulando pelos corredores da Globo como sempre circulou e com a desenvoltura que teve, falava do que sabia e do que entendia.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

21 de junho de 1996. Chico Anísio no programa Roda Viva.