Tipos de instituição, modalidades de ensino, Sisu, ProUni… Confira os principais conceitos que você deve entender para adentrar no mundo universitário.

 

Entrar na faculdade é um dos seus objetivos para este ano, certo? Então, para começar a se familiarizar com o assunto, preparamos este “manual” para você. Veja os principais termos que envolvem os cursos de graduação.

1) Tipos de instituição

Elas não são todas iguais. Conheça as principais diferenças entre elas:

Universidades: Desenvolvem atividades de ensino, pesquisa e extensão (atendimento à comunidade) em várias áreas do conhecimento. Podem abrir cursos novos, por exemplo, sem a necessidade de autorização do Ministério da Educação (MEC).

Centros universitários: Atuam em uma ou em diversas áreas do conhecimento. Não têm a obrigação de realizar atividades de pesquisa e extensão. Assim como as universidades, têm autonomia para criar cursos.

Faculdades: Atuam em uma ou várias áreas de conhecimento. São similares a institutos e escolas superiores. Não têm autonomia para abrir cursos, dependendo de autorização do MEC.

Institutos Federais e Cefets: Institutos e Centros Federais de Educação Tecnológica são equiparados às universidades federais.

Distribuição das instituições por tipo

Universidades 8%
Faculdades 84%
Centros Universitários 6%
IFs e Cefets 2%

Fonte: MEC, 2015

 

Distribuição das instituições entre públicas e privadas

Públicas 12,5%
Privadas 87,5%

Fonte: MEC, 2015

 

2) Tipos de cursos de graduação (cursos superiores)

Há três possibilidades:

Bacharelado: Tipo de curso mais tradicional, que oferece uma formação abrangente para atuar nos diversos setores do mercado de trabalho.

Licenciatura: Curso para formação de professores, ou seja, para quem quer lecionar um conteúdo específico (como História, Geografia, Matemática, Física, Química etc) ou ser pedagogo.

Tecnológico: Curso focado na prática profissional (que prepara para o desempenho de uma atividade mais específica no mercado de trabalho) e de duração mais curta que o bacharelado.

Distribuição dos cursos por titulação

Bacharelados 62%
Licenciaturas 19%
Tecnológicos 19%

Fonte: Levantamento do Guia do Estudante, 2016

 

Fonte: Guia do Estudante por: Lisandra Matias