Este é um apelo que encontrei no meu linkedin, postagem de uma pessoa que por conta de atingir os objetivos dos desígnios da vida, acabei por conhecer pela internet.
Trata-se de uma pessoa de nome Jô Lima, pelo que pude apurar, também mãe, e pelo visto, relatora de sua própria caminhada, embora, possamos entender que está relatando o caso de, talvez, a metade das pessoas desta nossa pobre nação.
Trata-se de uma entrevista de emprego, onde vemos a batalha de uma mãe e responsável pela criação de seus filhos:

Na entrevista de emprego, pergunta-lhe o encarregado da contratação: – Você tem filhos?
– Sim 3.
– Como você vai trabalhar?
– Eles vão pra escola.
– Mas aí fica complicado né!?
– Meu senhor a pergunta correta seria, “Como eles vão comer, morar, vestir, viver se eu não trabalhar?” – Okay entraremos em contato!

Enquanto isso, a pessoa ao dirigir-se à creche também é inquirida pelos responsáveis na distribuição das vagas para matrículas das crianças nas referidas creches: – Você trabalha qual período?
– Estou desempregada, procurando emprego.
– Precisa de carteira assinada pra conseguir a vaga.
– Moça como vou arrumar emprego com um bebê fora da escola?
– Não temos vagas nesse caso.

E claro, ante o primeiro problema e o segundo, na grande maioria das vezes, podemos encontrar uma mãe que resolva antecipar-se mediante essas dificuldades, e acabar resolvendo encarar situações que poderiam ser consideradas inusitadas.
Bem, nesse caso, é claro, essa mãe acabará tendo o desprazer da visita de alguém do Conselho Tutelar, e aí é que as coisas complicam, pois técnicos, não costumam entender a praticidade das coisas: – Onde essas crianças ficam a noite?
– Em casa, eu faço bicos em bares e eles só abrem a noite.
– Abandono de incapaz é crime.

Seria necessário que eu continuasse a descrever os passos que possivelmente esta mãe poderia passar em alguns diferentes cenários?
Naturalmente que não, afinal de contas, a maioria das pessoas que conheço neste canal, são inteligentes a ponto de entender qual seja o drama de uma mãe como a que é descrita nesta situação. (achei de fato uma linda mensagem e por isso reproduzo aqui, com algumas poucas pinceladas minhas no texto, parabéns ao autor, ou à autora)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 220919 – Contrate uma mãe – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae